Destaque na Mídia

Professores de Economia manifestam preocupação com a continuidade das estatísticas públicas no RS

Escrito por Redação Sul2123 de Abr às 11:58
Destaque na Mídia
O alerta surge no contexto de encerramento das atividades da Fundação de Economia e Estatística. (Foto: Divulgação).
 
 

Professores e professoras de cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Economia do Rio Grande do Sul lançaram um manifesto, sexta-feira (20), destacando a preocupação de que o Estado assegure as condições técnicas necessárias para a elaboração de estatísticas econômicas confiáveis.

O alerta surge no contexto de encerramento das atividades da Fundação de Economia e Estatística (FEE) e de medidas que vêm sendo tomadas em relação ao destino das estatísticas públicas. “As recentes modificações nas estruturas de produção de estatísticas econômicas do Estado geram grande preocupação na comunidade científica, especialmente no que se refere ao risco de comprometimento da continuidade da produção de indicadores relevantes para a economia gaúcha”, aponta o texto.

O documento é assinado por economistas de diferentes orientações ideológicas. No texto constam nomes como Marcelo Portugal, Pedro Dutra Fonseca, Carlos Nelson dos Reis e Carlos Henrique Horn. O manifesto destaca que informações consistentes sobre a economia do Estado são determinantes para o planejamento e desenvolvimento do RS. “É extremamente importante preservar a comparabilidade das séries estatísticas do Estado, bem como sua harmonização com as séries econômicas nacionais, elaboradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”.

 

Confira abaixo a íntegra do manifesto:

A necessidade de estatísticas públicas confiáveis

Os (as) professores (as) de cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Economia do Rio Grande do Sul abaixo assinados vêm a público externar sua preocupação no sentido de que o Estado do Rio Grande do Sul assegure as condições técnicas necessárias para a elaboração de estatísticas econômicas confiáveis. O processo de estimativa de indicadores socioeconômicos, tais como o Produto Interno Bruto (PIB) e o PIB per capita, demanda o trabalho de profissionais habilitados e dedicados exclusivamente para tais atividades, devido às suas complexidade e relevância, bem como à necessidade de cuidadoso manuseio de dados, alguns dos quais sigilosos. As recentes modificações nas estruturas de produção de estatísticas econômicas do Estado geram grande preocupação na comunidade científica, especialmente no que se refere ao risco de comprometimento da continuidade da produção de indicadores relevantes para a economia gaúcha.

A necessidade de assegurar a qualidade de informações relevantes à sociedade exige que tais modificações sejam conduzidas por gestores (as) com o conhecimento técnico necessário, a fim de evitar, prioritariamente, qualquer forma de descontinuidade metodológica. É extremamente importante preservar a comparabilidade das séries estatísticas do Estado, bem como sua harmonização com as séries econômicas nacionais, elaboradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Somente dessa forma será possível que tais informações possam, correta e efetivamente, subsidiar a tomada de decisão de agentes públicos e privados. Sem informações consistentes sobre a economia do Estado, a sociedade gaúcha não irá superar os desafios postos na atual conjuntura.

 

Subscrevem este manifesto:

Adalmir Antonio Marquetti – PUCRS

Adelar Fochezatto – PUCRS

Alessandro Donadio Miebach – PUCRS

André Moreira Cunha – UFRGS

Angélica Massuquetti – UNISINOS

Augusto Mussi Alvin – PUCRS

Carlos Eduardo Lobo e Silva – PUCRS

Carlos Henrique Horn – UFRGS

Carlos Nelson dos Reis – PUCRS

Cecília Rutkoski Hoff – PUCRS

Edson Talamini – UFRGS

Ely José de Mattos – PUCRS

Fernando Maccari Lara – UNISINOS

Glaison Augusto – UFRGS

Gustavo Inácio Moraes – PUCRS

Henrique Morrone – UFRGS

Izete Pengo Bagolin – PUCRS

Janaína Ruffoni – UNISINOS

José Roberto Iglesias – UNISINOS

Leonardo Xavier da Silva – UFRGS

Luis Roberto Lutkmeier – UNISINOS

Karem Stallbaum – UFRGS

Marcelino de Souza – UFRGS

Marcelo Milan – UFRGS

Marcelo Portugal – UFRGS

Marco Tulio Aniceto França – PUCRS

Marcos Tadeu Lélis – UNISINOS

Maurício Andrade Weiss – UFRGS

Octávio Conceição – UFRGS

Osmar Tomaz de Souza – PUCRS

Paulo D. Waquil – UFRGS

Paulo Roberto Garcia Franz – UNISINOS

Pedro Dutra Fonseca – UFRGS

Paulo Roberto Garcia Franz – UNISINOS

Ricardo Dathein – UFRGS

Rober Iturriet Avila – UFRGS

Ronaldo Herrlein Jr. – UFRGS

Rosa Angela Chiesa – UFRGS

Rumi Regina Kubo – UFRGS

Sabino da Silva Porto Jr. – UFRGS

Tiago Wickstrom Alves – UNISINOS

Tomás Fiori – PUCRS

Vanessa de Souza Batisti – UNISINOS

Victor Hugo Santana – UNISINOS

   

 

Mais Noticias